Loading...

domingo, 13 de março de 2011

Superando Traumas.


Recebí de uma amiga.

   Supostamente todos temos traumas. Muitas vezes é dificil saber da existência deles, somente quando passamos por uma situação semelhante a outra que já havíamos passado anteriormente e as imagens da situação anterior começam a ser projetada em sua mente sem seu controle. Você começa a ranger os dentes, coçar a cabeça, mexer o corpo constantemente, passar as unhas pela pele devido a frustração, suas pernas começam a tremer e lágrimas imploram para cair de seus olhos.
  São vários os meus traumas...brigas, dinheiro, gordura e, o que esta acontecendo no momento, avô passando mal e sendo mandado para o hospital. A ultima vez que isso aconteceu, eu nunca mais cheguei a ver o meu avô paterno, hoje só o vejo quando vou para o cemitério de Jundiaí em uma pequena foto junto ao seu nome em uma pequena placa de seu túmulo. Pode parecer funebre para você, mas estas e as rápidas visitas aos albuns de familia são, realmente, as poucas vezes que chego a ver meu avô, aquele que hoje me trás tanta saudade.

    Estou falando de traumas porque, desde a madrugada de hoje, meu avô materno anda passando muito mal, não comeu o dia inteiro e, somente agora, foi para o hospital com meu padrinho. Agora estou aqui tentando fazer minha lição de biologia (que é pesquisar sobre várias doenças causadas por bactérias, como a cólera cujo os sintomas são bastante parecidos com o que meu avô têm) e pensando constantemente nas imagens de meus melhores momentos com ele e a saudade que eles iram me fazer sentir se acontecer algo com meu avô. Será que vou perder mais um amigo? Porque sempre temos que perder alguém que amamos e, muitas vezes, em momentos em que nós estamos finalmente nos recuperando de outras perdas, decepções e tristezas? Eu sei que estou sendo trágica em já pensar que irei perdê-lo, mas fazer o que... este é o meu trauma, por isso, costumo a pensar sempre no pior ao invés de juntar os pequenos resquícios de esperança que restaram em meu coração.

Nenhum comentário: